Ministério da Cultura, BNDES e Petrobras apresentam
15 A 22 DE SETEMBRO DE 2015 / BRASÍLIA / DF

Para Minha Amada Morta

Para Minha Amada Morta
MOSTRA COMPETITIVA LONGA-METRAGEM
Para Minha Amada Morta
VER TODOS OS FILMES

EXIBIÇÕES

18 de setembro de 2015, 
20h30 - Cine Brasília

_Reprise:
19 de setembro de 2015, 
14h30 - Cine Cultura Liberty Mall

direção: Aly Muritiba
ficção, cor, digital, 115min, PR, 2015

elenco: Fernando Alves Pinto, Mayana Neiva, Michelle Pucci, Lourinelson Vladmir, Giuly Biancato e Vinicius Sabbag

classificação indicativa: 16 anos

SINOPSE

Fernando é um bom homem que cuida do seu filho único, Daniel, um menino tímido e sensível. Depois da morte de Ana, sua esposa, todas as noites, Fernando recorda o seu amor, arrumando as coisas de sua amada morta. Um dia ele encontra uma fita VHS, que mudará tudo.

 

DIREÇÃO

Aly Muritiba
Roteirista, produtor e diretor cinematográfico, dirigiu sete curtas-metragens, um telefilme e um longa-metragem, com os quais já conquistou mais de 100 prêmios em festivais de cinema. Suas principais realizações são os curtas A Fábrica, vencedor de mais 60 prêmios em festivais nacionais e internacionais, Menção Honrosa em Clermont-Ferrand, semifinalista do Oscar 2013 e Pátio, vencedor do É Tudo Verdade, Festival Internacional de Documentários, e selecionado para a Semana da Crítica do Festival de Cannes. Seu roteiro de longa O homem que matou a minha amada morta recebeu o Global Filmaking Award do Sundance Institut em 2013. Tarântula, seu mais recente curta-metragem, foi selecionado para a competição no IFF Veneza de 2015.

 

CRÉDITOS

produção executiva: Antônio Junior e Marisa Merlo
roteiro: Aly Muritiba
fotografia: Pablo Baião
montagem: João Menna Barreto
som: Alexandre Rogoski
direção de arte: Monica Palazzo
cenografia: Renata Rugai
figurino: Ana Deliberador
produtora: Grafo Audiovisual

PROGRAMAÇÃO DIÁRIA
Tag3 - Desenvolvimento Digital